domingo, 2 de dezembro de 2007

Fogueira Para Quem Precisa

Fogueira Para Quem Precisa

Eu já sei o que vai acontecer, porque é sempre assim. As pessoas são tachadas de loucas primeiro, e depois: ó, não é que tinham razão!?! Ah, não eram loucas, eram visionárias…
Blargh!!!
A humanidade é tão pequena (pequeníocre) e atrasada que para uma pessoa como eu que devia ter nascido anos-luz de distância desse séc XX/XXI (porque será que eu nasci no passado?!!!) Enfim, as pessoas vivem a vida inteira mergulhadas no nada. São niilistas praticantes e ferrenhas, emboram não o saibam, e nem sequer conheçam o vocábulo. E cada vez que aparece alguém dizendo uma novidade, uma coisa diferente, coisas criativas, é logo à partida chamado de louco. Depois de muitos anos aquele louco afinal estava certo, e o resto (os atrasados) adere às novas ideias. Primeiro são os normais a apontarem o dedo ao louco. Mas depois tudo muda, as pessoas loucas tornam-se visionárias, e os normais são o ‘zé povinho’cabeça de bagre, atrasados mentais, medíocres (pequeníocres…), preconceituosos, fariseus, hipócritas, nazistas, fascistas, chauvinistas… condenados tardiamente pelo senso comum…

Eu já sei, é assim sempre… mas não pra sempre, se calhar…

A História está cheia de histórias assim, vou lembrar aqui algumas delas , assim aleatoriamente o que me vem à cabeça, sem ordem nem lógica nenhuma, claro…

Os Hippies – há 30 anos atrás eu ouvia tudo e mais alguma coisa sobre hippies, eu era criança e vivia numa pequena cidade do interior de Minas Gerais. Sujos, drogados, loucos (loucos!). Sujos, sujos que não tomam banho, sujos que faziam orgias sexuais, sujos que dormem o dia inteiro e a noite fazem festa. Drogados, loucos, drogados que comem cogumelos alucinógenos e vêem duendes, fadas e gnomos… Alucinados, malucos, que vivem ao ar livre, com a mochila nas costas e roupas rotas. Cultivam a terra. Tomam banhos nus na praia, lago e riachos…Cambada de vagabundos.

Mas daqui a 30 anos todo mundo vai ser hippie…tomar banho todo dia vai ser desperdício de energia e água, incluindo toalhetes de papel com ou sem perfume, lavar roupa muitas vezes tbm será desperdício, vamos usar as roupas até ficarem rotas, vamos emendar, e aproveitar os trapos até o fim, e vamos usar os retalhos em oficinas comunitárias de patchwork. O consumismo exagerado, que implica poluição à mais vai acabar. Vamos fazer hortas comunitárias, padarias comunitárias, vamos aprender a viver com os índios do Xingu, ou com os Machacalis, se eles resistirem até lá… e oxalá resistam… Loucos e hippies seremos todos nós daqui a 30 anos. Até lá vou dispensar apenas o chá de cogumelo e o baseado (charro)… As alucinações não vem das drogas, e sim da cabeça das pessoas. Quando uma pessoa medíocre toma droga o máximo que consegue é uma ressaca e dor de cabeça no dia seguinte. Mas maluco de verdade não precisa de droga nenhuma, pois a maluquice já está dentro da cabeça dele… “Eu já estive em todos os lugares mas só me encontrei em mim mesmo” (mais ou menos isso…)

Ah, então e o Galileu? Hein, hein, hein???
Qual o quê, então a Terra era plana e quadrada?
E quem comeu as beiradas pra ela ficar redonda depois? Hein, hein, hein???
E quem foi aos quatro cantos do mundo? E depois o quinto era o quinto dos infernos…rs..
Eu imagino o Galileu, rapazinho refilão esse, teimoso, reguila, impetuoso… Era preciso muita coragem pra dizer, TUDO está errado, tudo que vcs acreditam está errado, a Terra não é plana, é redonda e gira… naquele tempo sem lei, ou melhor sem direitos… muita coragem pra pregar no deserto, pra levantar a voz contra a lei e a ordem, uma barbaridade daquelas, podendo até mesmo ser linchado vivo, apedrejado ou enforcado, ou queimado numa fogueira da ‘santa’ inquisição.

E a Santa Inquisição? A lei e a ordem? A autoridade? (terroristas???)
Porque tanta inquisição, tanta violência, tanta fogueira?
Tantas mortes violentas, desumanas, absurdas? E aquilo era normal, o certo. As pessoas aplaudiam, ou assistiam aquilo, da mesma forma que hoje assistem ao jornal ou a novela (ou o futebol…) na televisão

E o que é hoje em dia considerado normal, correto? A lei, a ordem e a autoridade? Não poderá ser igualmente absurdo daqui a algum tempo, ou séculos?
O que é hoje as guerrinhas de estimação do sr George Blargh!!! Bush. Hitler tbm quis fazer igual, ou muito parecido, dominar o mundo, como fizeram os faraós, os césares, os napoleões… Mas roubar de judeus, e matá-los todos em câmaras de gáz deu nas vistas, ninguém entendeu a ‘boa vontade’ de uma morte rápida e indolor, essa não colou… Mas matar iraquianos, aquele povo que ninguém por cá conhece nem viu mais magro, ou mais furado de bala… isso passou quase batido… o cara vai falir o seu país, uma das maiores potências mundiais( sem muito estilo, nem tradição, mas potência), já fez a moeda desmoronar, criou uma recessão no mercado imobiliário interno, que refletiu nas bolsas do mundo inteiro e tudo por uma guerrinha particular e pelo petróleo de estimação roubado do povo iraquiano, roubar petróleo, pra poluir mais o planeta… Blargh!!! E o plano mirabolante, dantesco e troglodita de inventar um vírus mortal, pra usar numa guerra química, “vamos testar… na Africa, cheio de pobres miseráveis… pobre não tem parente… não que sejamos racistas mas os ‘pretos’ se reproduzem muito, era preciso fazer um controle”, com a Aids/Sida… nem, Hitler seria capaz de tal atrocidade, de tal maquiavelhice bárbara, nem a KGB iria tão longe… Blargh!!!
Eu acredito sim numa teoria da conspiração… e até acho que ele próprio planeou o ataque as torres gémeas, e ainda por cima lucrou muito com tudo isso, ah, sim… Explodir para justificar a sua guerrinha contra o terrorismo (vamos brincar de guerra ao terrorismo, mas só os outros, eu não…se não eu jogo uma bomba atómica no seu quintal… ninguém mais pode fazer a bomba, só eu…)E o povo financiou mesmo a guerrinha do menino frustrado, do filhinho de papai ausente( Viu, pai… eu destruí o Saddam, eu te superei, eu sou muito mais idiota que vc…) Blargh!!! Bush, e sua mente totalmente anormal, torpe e doente completamente a ponto de planear e executar isso e coisas até piores. Só de olhar pra cara dele dá pra ver, na fisionomia, um quê estranho, no jeito de rir, de olhar… ele não é normal… Hoje em dia todo mundo sabe que Hitler era um doido varrido( menos os doido varridos de uma certa direita). Mas pra que as pessoas comuns, normais cheguem a essa conclusão a respeito de Blargh!!! Bush, e o coloquem numa camisa de força com segurança máxima ainda vai demorar um pouco…Por enquanto, eu que vejo isso é que sou louca… A louca sou eu!

Daqui a 30 anos(Rosa) a velha serei eu e as meninas vão chegar até mim pra perguntar de vc… Você a conheceu? Como ela era? O que ela dizia?

E eu com a minha cara enrugada vou dizer, ela era tão jovem como uma criança cada vez que sorria, o seu sorriso de bruxinha boa, aprendiz…Mas o seu olhar era felino, afiado e cortante como uma espada, mortal… As palavras lúcidas mas muito acima da mediocridade, serenas e sábias, mas in demais, algo sofisticada, e ela não podia nivelar por baixo, o mais baixo nela estava muito acima da mediocridade, quase inacessível… Ela, às vezes cansada, de tanto falar falar falar, e as pessoas não conseguirem ouvir, não conseguirem entender. Porque naquele tempo a Rosa era a louca, que falava de mulheres e deusas, e ninguém entendia nada, pois as pessoas não tinham referência nem ligação com o feminino autêntico. O feminino ancestral estava anulado na sociedade, nas mulheres e homens. E ela dizia isso, mas as pessoas não tinham capacidade pra entender. A Rosa era uma mulher muito à frente do seu tempo…

E aquelas jovens do futuro vão dizer: _ Ela era uma visionária!!! Ela estava na vanguarda do pensamento, da sociedade. E num dia especial, toda gente vai colocar uma rosa na janela, na lapela ou no laptop. É minha amiga sacerdotiza, vai ser assim…

Vc não é louca, nem utópica, nem nunca foi…

Vc é que está certa em cada uma das suas palavras, o mundo é que está atrasado para o seu ritmo e a sua lucidez. Não desanime nem descanse ainda. Trabalhe sem trégua! Porque nem uma única palavra será em vão. E o patriarcado vai ruir.

Num futuro feminino nesse planeta vc será lembrada:

Uma mulher portuguesa no leme das mudanças de paradigma da humanidade inteira.

Junto a outras tão importantes como tu, que vc lê e divulga, e nos ensina… Não desanime não… embora ali no seu cantinho, diante do seu pc, diante do oceano como testemunha, ninguém se dê conta, ninguém te veja, ninguém te acha… mas tbm ninguém te incomoda, e a Lilith te protege… escreva, escreva, escreva, fale, sussurre, grite… a plenos pulmões… O patriarcado não te vai facilitar em nada amiga, os dias são duros e os problemas surgem, se acumulam, vão e voltam… outras pessoas se safam pq fazem concessões, são patriarcais quando lhes é conveniente, e outras ficam no modismo, e nas suas depressões e vazios de pijama… Mas vc é pura demais, seu cristal está lapidado, translúcido, vc já não pode se nivelar por baixo, querida, vc não é mais deste mundo, vc nasceu no passado, pra nos levar até o altar da Deusa, vc veio trazer a rosa e o incenso de ideias, pra limpar o espaço da construção do templo, pra mostrar o caminho… vc é a Lilith que veio antes de tudo…vc encontrou a escada por onde todas nós vamos subir em espiral rumo a evolução…

Não te preocupes com mais nada, apenas escreva, escreva, escreva… vc está no colo da Deusa Mãe… vc já é energia, canal, espelho e eco… vc já não é matéria, vc já é energia, no corpo matéria… Eu acho que vc já nem se deve preocupar em aparar as suas arestas, corrigir este ou aquele defeito, apenas em perseverar na sua missão e no seu dom… Vc tem um Dom…escreva mais e mais… pois nenhuma letra será em vão… se não for hoje, ou amanhã, será num futuro feminino, e muitas mulheres e homens vão ler e te admirar… Vc pode não agradar a todos, nem hoje nem depois… Mas vc não está errada, nem louca nem utópica. Eu juro e atesto.
E um dia, num futuro feminino toda gente vai saber disso… E já não faltarão altares, e flores e oferendas a deusas em todo lado. A Deusa Mãe ressurgirá do seio da Terra, do útero de águas de onde ela renasce em mim, em nós, em todas as mulheres. A Mãe virá e apaziguará tudo, como fazem as mães qdo acordamos de um pesadelo, acalma-nos o choro e nos envolve no seu amor, e dormimos de novo, e sonhamos um sonho bom. Ela sabe tudo que vc precisa, e cuida de ti… Hoje és louca, e fala pras paredes… mas no futuro até as paredes falarão de ti, e das tuas palavras…
Escreve, escreve, escreve…

PS: quando comecei o tema era outro, mas no meio virou essa homenagem a vc, Rosinha querida, Rosinha bebé… aceite como um agradecimento por tudo que vc me tem ensinado, e a todas nós, mulheres, e incluindo tbm o Zazyel e outros homens que te lêem assiduamente…

A fogueira seja pra quem precisa, ou seja para os patriarcas que sempre a fizeram, fogueira pro patriarcado… E vamos pôr mais lenha nessa fogueira…rs… Tal como Gretel eu vou empurrar o Blargh!!! Bush lá dentro…rs…e com ele todo o patriarcado…

Eu tbm não posso encontrar outra maneira de estar na vida que não seja ajudando na preparação do templo da Deusa Terra Mãe… não sei como, vc sabe às vezes fico paralisada com certas coisas, além das minhas dificuldades todas, não bastasse ser mãe ilegal, por ser mãe solteira, e eu nem sou solteira…rs… ainda sou mãe ilegal imigrante em Portugal, com tudo que isso vem por decréscimo e acréscimo…
Mas vou fazendo aquilo para o que me vão guiando "As Bacantes Modernas", e vc incentivando, e pela Lealdade Feminina, que quero tanto… enfim…

De mãe ilegal pra mulher incesto…
com um beijinho de baunilha no seu coração…
Bom dia Rainha, sacerdotisa-mor

3 comentários:

Marian disse...

ès uma optima construtora de ideias através das palavras, menina!
;-)

Lealdade Feminina disse...

elogie pouco que eu sou muito convencida...rs... obrigada querida, mesmo... vc nem imagina como me sabe bem receber esse elogio neste momento... muitos muitos beijinhos...

marcela disse...

muita boa!!!paranbens moçinhaaa..
desse jeito convencera a todos q são hipocritas dar mais ouvidos verdade e o real...não fikar apenas nesse undinho e eles proprios criam para si..
bjooo