segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Lésbica Bigoduda Procura-se


Eu sempre defendi o movimento feminista e me declarei assumidamente feminista, mas é preciso reconhecer ou esclarecer q não, não queremos ser homens, nem ser como os homens, e há q se marcar e respeitar as diferenças... Estabelecer a igualdade dos direitos - q antes eram abismais as diferenças - não significa q se queira aniquilar ainda mais o feminino no mundo. E é impossível não reconhecer o quanto as mulheres q se auto-intitulam feministas estão desconectadas do feminino essencial, completamente perdidas nos labirintos das muitas lutas e ativismos possíveis... ativismo diga-se de passagem, impregnado do masculino dos calos nos pés até o corte de cabelo... Quase toda a atividade politica está impregnada do masculino e justamente do pior do masculino... Assim as feministas durante décadas e ainda hj tbm estiveram masculinizadas para preencher os requisitos e as cotas, e chamadas "lésbicas bigodudas mal amadas" entre outras coisas simpáticas e criativas para claro, tentar impedir q as meninas sequer se aproximassem das porrra-loucas "lésbicas bigodudas mal amadas"... Ficou dai o estigma de q toda mulher q defende o feminino, seja em bases feministas tradicionais seja em novas e diversificadas frentes, é lésbica e mal amada, e claro, pouco ou nada vaidosa... E não só as pessoas fora da política e ativismos feministas mas como (tô bege!!!) as próprias q-tais... TCSS TCSS... ai meu saquinho!!!

Meninas feministas e arredores é preciso pensar com a própria buceta agora camaradas, deixar de repetir aleatoriamente os pregões do costume e se ligar, por dentro, em qual Feminino vc está defendendo afinal, pq defender patriarcalmente o feminino patriarcal, mantendo e até fortalecendo o sistema q baniu a VERDADEIRA MULHER é contraproducente pra vc mesma e apenas reforça os preconceitos todos... É tão simples, basta ir ao cerne da questão de quais são realmente os problemas do modelo social vigente, e perceber como e quando o mundo se tornou patriarcal, isso não está impresso nos manuais do partido nem nos fanzines distribuidos nos submundos dos ativismos periféricos... é uma viagem pra dentro e buscando novos caminhos... Não precisamos dos estereotipos medonhos nem dos preconceitos enlatados, e já agora, obrigada pela atenção... Beijinhos de baunilha...

Algumas pistas da MULHER ANCESTRAL no blog da Rosa essa semana...

Que pena viver num mundo de pessoas q só validam as mulheres pelas suas ligações afetivo-sexuais com um homem, ou com algum substituto disso socialmente aceite... Que pobreza!!!
Q pena haver tanta gente q ainda confunda o Feminino Sagrado com questões sexuais ou de gênero, qdo falamos de mudança de paradigmas e modelos sociais... Mas mainha, não há nada a fazer... deixa andar... deixa q digam q pensem q falem, deixa isso pra lá... "Eu só quero saber quem tem sede*?" kkkkkkkkkkkkkk

* brincando com a frase da canção q dizia "quem tem seda?" (pra enrolar um baseado...) Eu não fumo, nem baseado mas tbm tô cagando e andando...

2 comentários:

オテモヤン disse...

オナニー
逆援助
SEX
フェラチオ
ソープ
逆援助
出張ホスト
手コキ
おっぱい
フェラチオ
中出し
セックス
デリヘル
包茎
逆援
性欲

Daniel disse...

Nana, tudo bem?

Se você é como eu que sente falta da Tertúlia Virtual, por favor, deixa um comentário neste link lá no Varal de Idéias.

http://cimitan.blogspot.com/2010/12/comentarios-que-valem-um-post_14.html

Estamos tentando reviver aqueles bons momentos da Tertúlia.

Um abraco